Morador do estado do Kansas é a sexta vítima de doença relacionada ao fumo de produtos do tipo. Indústrias culpam venda ilegal de substâncias usadas nos cigarros.

Homem fuma cigarro eletrônico em Nova York, nos EUA — Foto: Andrew Kelly/Arquivo/Reuters
Homem fuma cigarro eletrônico em Nova York, nos EUA — Foto: Andrew Kelly/Arquivo/Reuters

Um morador do Kansas foi a sexta pessoa a morrer nos Estados Unidos vítima de doença respiratória misteriosa relacionada ao uso de cigarros eletrônicos, informaram autoridades locais nesta terça-feira (10).

A notícia levou médicos a se apressarem para encontrar uma resposta para o problema, que passou a preocupar todo o país. Lee Norman, representante do Escritório de Saúde do Estado do Kansas, pediu a parada imediata do uso de cigarros eletrônicos.

“É hora de parar de fumar cigarros eletrônicos. Se você ou uma pessoa que você ame ainda fazem isso, por favor parem”, afirmou.

Autoridades de saúde pública dos EUA investigam 450 casos de doenças pulmonares relacionadas ao fumo de cigarros eletrônicos em 33 estados e um território norte-americano.