Alunas criaram uma faixa capaz de reduzir as dores das pessoas durante a prática do exercício; projeto participa de competição mundial de inovação da robótica

A equipe de robótica do Sesi Birigui está entre os finalistas para a competição mundial de inovação da robótica educacional, que destaca soluções para problemas do mundo real que contenham originalidade e potencial de agregar valor ao mundo.

Os finalistas foram anunciados na última quarta-feira (31). A equipe de Birigui, denominada de Sesi Big Bang, apresentou uma faixa inovadora utilizada na palma da mão, capaz de reduzir ou minimizar as dores das pessoas durante a prática do exercício, possibilitando maior tempo e intensidade na atividade.

Cerca de 110 países participam desta seleção e apenas 20 são representados na final mundial. A equipe de Birigui segue na competição, que por motivo de segurança durante a pandemia, permanece on-line e deve ter seu resultado final até o final do primeiro semestre de 2021.

A equipe de Birigui é composta pelas alunas Ana Laura Araujo dos Santos, 14 anos; Ana Sofia Adão, 15; Graziela Martins Polatto, 13; Lara de Souza Santana, 14; Leticia Vargas Frandsen, 13; e Sthefany Thaynara Moroni, 14.

Outra equipe do Sesi-SP, a Biotech, de Barra Bonita, apresentou o projeto Move Bag, uma mochila multifuncional e sustentável que possibilita uma grande variação de exercícios com benefícios físicos, psicológicos e fisiológicos, melhorando a disposição e a qualidade de vida, além de ter consciência ambiental em sua confecção. Este projeto também segue na competição