Atacante do Corinthians comentou sobre a decisão do árbitro de vídeo nos minutos finais da partida. Além disso, deixou sua opinião: ‘Eles podem ser mais rápidos nas decisões’

O empate sem gols entre São Paulo e Corinthians acabou com uma reclamação sobre o VAR. Já nos acréscimos, em falta alçada na área do Tricolor, Hudson segurou Henrique pela camisa. Foram quatro minutos com o jogo paralisado. Na zona mista, o atacante Vagner Love afirmou que estava impedido no lance do possível pênalti.

– Eu fui no lance, tentei cabecear a bola e participei. Por isso, que o VAR não deu o pênalti. Eu estava impedido. Se não fosse isso, acho que eles dariam pênalti. Só acho que eles podem ser mais rápidos nas decisões, essa é minha opinião – admitiu o jogador.

Também em zona mista, o volante Ramiro confirmou luta para conquistar a vaga de titular e afirmou que não cadeira cativa.

– Ninguém tem cadeira cativa em time, trabalhei bastante, tive um período de aprendizado e estou feliz agora. Receber essa oportunidade é o que a gente busca. Trabalhamos para isso e fizemos um bom jogo – disse.

Corinthians volta aos treinos nesta segunda-feira, às 15h30, e à noite já viaja para Chapecó. Duelo contra a Chapecoense é na quarta-feira. Depois encara o São Paulo para definir o campeão paulista de 2019.