Aos 36 anos de idade, Michel Bastos resolveu encerrar a carreira no futebol profissional. Por meio de um longo post em seu perfil no Instagram, o agora ex-jogador agradeceu aos clubes que defendeu em sua trajetória, entre eles São Paulo e Palmeiras.

“Não tenho palavras para descrever o que representa o futebol profissional na minha vida, mas chegou o tão difícil momento de me despedir. Quando era pequeno, via meu pai jogar e sonhava em ser como ele. Mas, com a permissão de Deus, cheguei muito além do que imaginava”, escreveu.

Nascido em Pelotas, Michel Bastos viveu o auge de sua carreira no Olympique de Lyon, clube pelo qual conquistou a Copa e a Supercopa da França. Na Copa do Mundo de 2010, convocado pelo técnico Dunga, representou a Seleção Brasileira como titular na lateral esquerda.

“Hoje, um capítulo se acaba, mas outros começam e também prometem ser cheios de alegrias e emoções”, escreveu. “Continuarei protagonizando meus próximos capítulos de uma outra forma, cuidando da minha família, que hoje é o meu bem maior”, diz o texto.

De volta ao Brasil após defender a Roma, Michel Bastos teve passagem turbulenta pelo São Paulo e sem brilho pelo Palmeiras. Em seguida, o ex-jogador da Seleção Brasileira foi contratado por Sport e América-MG, os dois últimos clubes de sua carreira profissional.