Flamengo defende invencibilidade contra o River Plate em jogos de Libertadores

Flamengo e River Plate fazem a grande decisão do título da Copa Libertadores da América neste sábado, às 17h (de Brasília), no Estádio Monumental de Lima, no Peru. E o confronto não é o primeiro entre as duas equipes pelo torneio continental. Rubro-Negro e Millonarios já duelaram em outras quatro oportunidades pela competição, com invencibilidade brasileira.


A primeira vez que Fla e River se encontraram foi em 1982, pelas semifinais. A fase era disputada por meio de um triangular, no qual o Flamengo entrou direto por ter sido o campeão da edição anterior. River Plate e Peñarol, líderes de seus grupos na primeira fase, completaram a chave.


O elenco do Flamengo realizou na tarde desta quinta-feira seu primeiro treino em solo peruano, visando a final da Libertadores contra o Ríver Plate, marcada para o próximo sábado na capital Lima.


Na atividade fechada para a imprensa, o técnico Jorge Jesus contou com todo o elenco à disposição e promoveu um coletivo no qual testou duas opções para o meio-campo. Naquela considerada titular e que deve iniciar a partida no estádio Monumental, William Arão, Gérson e Arrascaeta formaram o setor. Em metade do treino, Jesus colocou o meia Diego no lugar de Arrascaeta. O restante da equipe foi composta por Diego Alves, Rafinha, Pablo Marí, Rodrigo Caio e Felipe Luiz; Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabigol na maior parte da atividade.