Procurou espontaneamente o plantão policial no início da manhã, acompanhado da mãe e de um advogado


O sentenciado Cristiano Eufrásio de Souza, 30 anos, se apresentou espontaneamente à polícia na manhã desta quarta-feira (8), para retornar ao sistema prisional.

Ele estava acompanhado de um advogado e da mãe dele, e informou que é dos presos que fugiu de uma penitenciária em Mongaguá, em março, durante motim que aconteceu várias unidades de regime semiaberto.

A fuga em massa aconteceu no dia de 16, após o estado comunicar que as saídas temporárias concedidas aos presos no regime semiaberto, previstas para começarem no dia seguinte, haviam sido suspensas.

A medida foi adotada como forma de tentar impedir que os beneficiados se contaminassem com o coronavírus e retornassem aos presídios, podendo transmitir aos demais presos.

Evadido

Após a apresentação de Souza, os policiais pesquisaram no sistema e confirmaram que ele era considerado procurado por ter evadido do CPP (Centro de Progressão Penitenciária) de Mongaguá, em 16 de março.

O sentenciado foi recolhido temporiamente na carceragem do plantão policial e seria encaminhado para a cadeia de Penápolis, onde deve aguardar a transferência para uma unidade da SAP (Secretaria de Administração Penitenciária).

Por ter fugido, ele perderá o direito ao regime semiaberto, regredindo ao regime fechado.
Fonte; Hojemais