A Federação Paulista de Futebol se reuniu nesta segunda-feira com diretores, capitães e treinadores dos clubes que disputarão o Paulistão 2020 para ouvir suas opiniões em relação ao torneio. O intuito da entidade é consultar os protagonistas do campeonato antes de estabelecer o regulamento de sua nova edição.
Nos últimos anos, a FPF passou a formular de forma mais aberta as regras do Campeonato Paulista. Em 2017, por exemplo, a entidade incluiu no regulamento do torneio o fim da troca de treinadores entre clubes da mesma competição. Desde então, o número de técnicos demitidos no Estadual passou de 14 em 2016 para apenas quatro em 2019.

“A participação de todos os profissionais neste processo de organização do campeonato é fundamental para a evolução da competição. Agradecemos muito a presença de todos”, afirmou Mauro Silva, vice-presidente da Federação Paulista de Futebol.

Os quatro principais clubes de São Paulo estiverem presentes na reunião desta segunda-feira. O Corinthians, atual campeão, foi representado por Fábio Carille, Vilson Menezes e Duílio Monteiro Alves. Já o Tricolor, vice-campeão, contou com a presença de Alexandre Pássaro, gerente de futebol, e Diego Lugano, superintendente de relações institucionais. Mano Menezes e Cícero Souza, gerente de futebol, acompanharam o conselho técnico pelo Palmeiras, enquanto Paulo Autuori e William Thomas representaram o Santos.