Josué deixa cargo de secretário alegando motivos pessoais

A assessoria de imprensa da prefeitura de Araçatuba informou no início da noite desta terça-feira mudanças no primeiro escalão da administração municipal. O fiscal de tributos do município, Josué Cardoso de Lima pediu exoneração do cargo de Secretário Municipal da Fazenda. O prefeito Dilador Borges anunciou que o secretário municipal de Esporte, Lazer e Recreação, Sérgio Tumelero, passa a acumular o cargo de Secretário de Cultura.

O secretário da Fazenda, Josué Cardoso de Lima, formalizou nesta terça-feira (6/8) o pedido de exoneração do cargo de secretário da Fazenda. Segundo ele, o motivo do pedido é estritamente de caráter pessoal. Josué volta às atribuições do cargo efetivo de fiscal de tributos do município.

“O motivo deste pleito deve-se estritamente a motivos de caráter pessoal. Agradeço a oportunidade, a confiança e o apoio recebido durante minha permanência no cargo. E desejo sucesso na administração municipal”, declarou.

O prefeito Dilador Borges recebeu o pedido e agradeceu o excelente trabalho prestado pelo servidor e amigo. “O Josué atuou durante estes dois anos e meio da nossa administração e foi peça fundamental. Sempre tratou suas funções com muita competência e transparência. Quanto falou comigo e alegou motivos pessoais, acatei e me coloquei à disposição”. Ainda não há um nome para substituí-lo.

Sergio Tumelero assume a secretaria de Cultura

O secretário de Esporte, Lazer e Recreação Sergio Tumelero recebeu do prefeito o convite para assumir também a secretaria de Cultura, que até o momento estava sem secretário e sob o comando do assessor executivo Luis Claudio Junior.

“Fiquei surpreso com o convite e sou um cara que gosta de desafios. Sei que a Cultura precisa de dinamismo e de bons projetos. O Junior, que estava até então comandando, é um grande executor de projetos e irá permanecer me ajudando nesse sentido. Acredito que poderei, junto com todos os profissionais que atuam no setor, dar novos rumos para a Cultura de nossa cidade”, afirmou Sergio.

O prefeito Dilador Borges decidiu fazer a alteração por acreditar que a Cultura é uma secretaria muito importante e que precisa de dinamismo. “A Cultura ficou sem secretário por um tempo, mas é uma pasta dinâmica, que precisa de atenção especial. Agradeço ao empenho e à dedicação plena do Junior. O Sergio é uma pessoa que deu certo no Esporte e acredito que a Cultura vai ao encontro do seu perfil”, ratificou o prefeito.