Mulher é atropelada por avião em Guararapes e segue internada na UTI da Santa Casa em Araçatuba


A auxiliar de enfermagem Laura Costa Ywassa, que foi atropelada por um avião agrícola quando tentava cruzar a pista do Aeroclube de Guararapes no final da tarde desta sexta-feira, data em que completava 30 anos de idade, segue internada em estado grave em atendimento intensivo na Unidade de Urgência e Emergência da Santa Casa de Araçatuba.

Laura, que é funcionária do hospital e atua na UTI Neonatal 2, sofreu traumatismo craniano no acidente em Guararapes. Ela estava de bicicleta e levava a filha, de quatro anos, na garupa, e estava atravessando a pista do aeroclube da cidade quando foi atingida por um avião que faz pulverização em plantações, e estava pousando.

O piloto chegou a relatar aos policiais militares que atenderam a ocorrência, que ao ver a mulher cruzando a pista, até tentou desviar, mas não houve tempo. A auxiliar de enfermagem e a filha foram socorridas e levadas ao pronto-socorro de Guararapes. A criança sofreu escoriações, mas a mulher teve traumatismo craniano e foi transferida em uma UTI Móvel para a Santa Casa de Araçatuba, no início da noite desta sexta-feira.

Um alambrado cerca a pista do aeroclube, que fica dentro da cidade. No local existem placas indicativas alertando que é proibido fazer a travessia da pista. No entanto, moradores cruzam com frequência o local para cortar caminho. É possível ver até as marcas pelos locais onde pedestres e ciclistas passam com certa frequência. A Polícia Civil vai instaurar um inquérito para apurar as responsabilidades.