O próprio cadeirante solicitou os serviços da PM, que constatou haver o mando de prisão em aberto contra ele


Um homem de 50 anos, que é paraplégico e mora no Jardim Umuarama, em Araçatuba (SP), foi preso na noite de quarta-feira (29) por atraso na pensão alimentícia. Ele era considerado foragido desde março, quando foi expedido o mandado de prisão por 30 dias, pela 2.ª Vara da Família de Araçatuba.

Segundo o boletim de ocorrência, policiais estavam em patrulhamento e foram acionados pelo próprio procurado, que solicitou atendimento devido a pessoas em atitude suspeita.

Durante atendimento à ocorrência, nada de irregular foi encontrado, mas para o encerramento do atendimento foram solicitados os dados pessoais do solicitante.

Dívida

Ao consultar a documentação, os policiais encontraram o mandado de prisão, que foi expedido em 5 de março. Segundo informado, a dívida é de R$ 2.460,55, referente ao período de agosto a dezembro de 2018, mais os valores posteriores.

Ainda de acordo com os policiais que atenderam a ocorrência, o procurado foi submetido a cirurgia recentemente e não possui os movimentos das pernas.

Ele estava com a mãe na casa dele e um irmão o acompanhou até o plantão policial, onde foi confirmada a prisão.

Após o registro do boletim de ocorrência de capturado ele foi recolhido provisoriamente na cela da CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Araçatuba e pela manhã desta quinta-feira (30) seria encaminhado para a cadeia de Penápolis.

O cumprimento do mandado foi comunicado por e-mail à 2.ª Vara de Família e o paraplégico passaria por exame de corpo de delito antes de ser levado para a prisão.