Dois suspeitos foram mortos em confronto e outros 23 foram presos. Cerca de 300 policiais também procuram suspeitos de atuar no tráfico de drogas e roubos na região.

A polícia realiza uma megaoperação em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, na manhã desta sexta-feira (8), contra quadrilhas especializadas em roubo de cargas. Até as 9h, dois suspeitos morreram em confronto com a polícia e 23 pessoas tinham sido presas.

Desde o início da manhã, pelo menos 300 policiais de diversas delegacias percorriam ruas das comunidades Santa Lúcia, Rodrigues Alves e Parada Angélica.

A ação, batizada de “Operação Cerberus” conta com o apoio do Departamento Geral de Polícia Especializada (DGPE)e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), além da delegacia de Imbariê, em Caxias, responsável pelas investigações.

A investigação demonstrou que, além do tráfico de drogas armado, a organização criminosa também fomentava a prática de roubos de cargas, roubos de veículos, roubos a estabelecimentos comerciais, a coletivos e a pedestres.

Os crimes, de acordo com a polícia, tinham a finalidade de aumentar o lucro e permitir a continuidade dos domínios das diversas favelas situadas do município de Caxias, bem como a expensão territorial de uma facção criminosa.

O trabalho de inteligência da polícia também evidenciou a estratégia do tráfico de drogas no roubo de cargas com esquemas elaborados de distribuição, uma vez que a região investigada é rota de várias transportadoras.

Categorias

  • Nenhuma categoria