Projeto de lei dá o nome de Leonardo Sabioni a novo centro administrativo; obra era considerada “elefante branco” e está em fase final

O novo centro administrativo que está sendo construído na rua Anhanguera, 1.155, no Jardim Morumbi, em Birigui (SP), poderá ter o nome do pioneiro da radiodifusão local, Leonardo Sabioni, falecido em junho de 2018, após construir um complexo de comunicação no município.

O projeto de lei com a homenagem, de autoria do Executivo, está na pauta da próxima sessão da Câmara dos Vereadores, que será realizada na terça-feira (15). Dos três itens da Ordem do Dia, dois são homenagens.

Considerado durante anos um “elefante branco” em Birigui, o prédio conhecido como Centro do Professorado abrigará a sede da Secretaria Municipal de Educação e outras secretarias, entre elas, a de Administração, de Governo e o gabinete do prefeito, conforme divulgação recente da Prefeitura.

De acordo com o projeto, a parte dessa sede administrativa será denominada Centro Administrativo “Leonardo Sabioni”, e ficará anexa ao Centro de Formação do Professor e Atendimento ao Aluno “Carmen Martinez Rodrigues”. O texto prevê descerramento de placa em ato público e solene.

Os dados biográficos anexos ao projeto de lei destacam que Sabioni teve uma “vida dedicada à comunicação”. Nasceu em 23 de setembro de 1932, em Birigui, e começou a trabalhar aos 10 anos na alfaiataria do pai.

O trabalho em rádio teve início em 1953, aos 21 anos de idade, na rádio Clube de Birigui, onde foi faxineiro, operador de áudio, locutor comercial, esportivo e noticiarista. Passou pelas rádios Cinquentenário e Uirapuru AM, essa última adquirida por ele com apoio de empresários da cidade e da família, em 1982.

Era o início de um complexo de emissoras de rádio e televisão, o Sistema Sabioni de Comunicação, composto pelas rádios Uirapuru, Tropical, Nativa, rádio Clube de Birigui e, por último, a TV Birigui, emissora na qual manteve seu programa “Canal Aberto” e “Bate-papo na Praça” até praticamente seus últimos dias de vida. Faleceu em 19 de junho de 2018, aos 85 anos, após uma forte pneumonia.