O presidente da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), Humberto Schmidt, esteve em Glicério ontem para a cerimônia de assinatura do protocolo de intenção para a construção de 30 moradias no município. O novo conjunto habitacional deve ser construído no distrito de Juritis, que fica próximo à divisa com Brejo Alegre.

O ato aconteceu por volta das 12h e foi o primeiro passo para dar início ao projeto. Em conversa com a Folha da Região, ele explicou que há algum tempo a companhia foi procurada pela administração municipal, que informou sobre a necessidade da construção das casas no distrito.

Segundo ele, os técnicos estiveram no município, vistoriaram a área onde o residencial deve ser construído e ela foi considerada viável. Com a assinatura do protocolo de intenção, o imóvel passará por nova análise de viabilidade de receber a infraestrutura necessária.

Se ela for aprovada será assinado o convênio para dar início à construção. “Normalmente, quando a área a ser oferecida já pertence ao município e está tudo certo, a construção tem início em um ano após a assinatura do protocolo”, informou.

Aproximação

Schmidt esteve em Araçatuba no final de julho e participou da cerimônia de reinauguração do Escritório Regional da CDHU, que estava desativado desde 2007. De acordo com ele, a visita a Glicério já é resultado dessa aproximação dos municípios da região com a companhia por meio do escritório regional.

O presidente da CDHU informa que desde a reinauguração já foram assinados protocolos de intenção para construção de residenciais em Birigui (600 unidades), Santópolis do Aguapeí (120), Bilac (80) e Piacatu (50). “A nossa intenção com o escritório é fazer essa aproximação e tem surtido efeito”, concluiu.

fonte: Folha da Região