Convocação de Frente Parlamentar Mista do Esporte é esvaziada. Mais respeitado, presidente da Câmara, Rodrigo Maia, julga que é preciso colocar futebol em pauta

Uma convocação da Frente Parlamentar Mista do Esporte, assinada pelo deputado federal Júlio César Ribeiro (PRB-DF), conclama os presidentes de clubes da Série A a discutir cinco pontos cruciais para sair da crise. Está na pauta, item 4: “Discutir medidas legislativas para o amadurecimento institucional e econômico do futebol brasileiro a exemplo da legislação espanhola que prevê negociação coletiva de direitos e responsabilidade solidária para a entidade que organiza as competições, o que permitiu resposta rápida à crise com uma linha de crédito para clubes no valor de quase R$ 3 bilhões.”

A convocação é para uma vídeo conferência com os presidentes de clubes na tarde desta quarta-feira (8). Não houve adesão. Nenhum dos dirigentes de clube procurados pelo blog tomou conhecimento do documento. “Estive em reunião com trinta presidentes na Comissão Nacional e nenhum falou sobre isso”, disse o presidente do Fortaleza, Marcelo Paz.

A convocação da Frente Parlamentar fala também em apressar a aprovação de projetos de lei, como o do clube empresa, cujo relator é o deputado federal Pedro Paulo (DEM-RJ). Procurado pelo blog, o deputado também não tem conhecimento da vídeo conferência.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, também foi procurado pelo blog. Disse que não foi chamado para a vídeo conferência, mas admitiu que é necessário tratar dos projetos de lei que regulem a transformação do futebol brasileiro. “Se eu for procurado, claro que vou fazer e acho que a gente tem de tratar desse assunto, sim.” Há dois meses, Maia esteve na Espanha estudando a legislação que transformou a maior parte dos times em empresas (veja imagem).