Ex-meia de 41 anos será o comandante da equipe sub-23; veja o que o Timão pensa para ele

Um dos jogadores mais vitoriosos da história recente do Corinthians, o ex-meia Danilo retornou ao clube nesta semana para ser o novo comandante da equipe sub-23.

Criticada nos últimos dois anos pela forma como foi conduzida pela diretoria, a equipe aspirante vem sendo remodelada na gestão do presidente Duilio Monteiro Alves, que pensa em fortalecer a estrutura fora de campo para obter resultados dentro dele.

Com o ex-meia Alex na coordenação técnica, o clube quer fazer com que a categoria seja realmente útil na formação de novos valores para o time profissional. E também na do novo treinador.

Como o ge mostrou na última semana, há um planejamento para que os profissionais da categoria assumam, futuramente, lacunas abertas no time principal. Com Danilo, que nunca teve experiência na função de técnico, a diretoria sabe que precisará de paciência e foco no longo prazo no sub-23.

Para que o projeto funcione, haverá nos próximos dias a formação de uma comissão técnica capacitada e com profissionais que serão escolhidos também com a opinião de Danilo. Embora ele tenha realizado estudos para tirar a Licença B em curso online da CBF, acredita-se que a aproximação com profissionais mais rodados possa dar sustentação para a sua transição.

E como há tempo até a estreia no Brasileirão de Aspirantes, que começa apenas em junho, o clube entende que os meses até lá serão importantes para que o novo treinador se adapte à nova função, conheça o elenco disponível e consiga testar e implementar suas ideias.

Com 359 partidas disputadas pelo Corinthians, 35 gols feitos e oito títulos conquistados – entre eles a Libertadores e o Mundial –, a diretoria vê em Danilo um símbolo de profissionalismo, identificação com o clube e com uma imposição de respeito diante dos jovens atletas por conta de seu currículo.