Ex-lateral e ex-presidente retornam a cargos que já ocuparam no Timão na gestão de Duílio

Um dia depois de o presidente Duílio Monteiro Alves ser empossado e falar com a imprensa pela primeira vez, foi hora de a nova diretoria de futebol do Corinthians fazer seu primeiro pronunciamento.

Roberto de Andrade, novo diretor de futebol, falou sobre o momento de retomada do Timão em 2021 e projetou a busca por títulos.

– Em 2021, sabemos das dificuldades que teremos. Será melhor que 2020, mas com dificuldades. A expectativa é a melhor possível. O Corinthians tem um elenco de bom nível, dá para brigar por todos os campeonatos que virão. Espero que em algum a gente consiga chegar ao título – disse.

Ele disse não acreditar que o Corinthians, hoje, deixou de ser um time forte nas disputas nacionais e internacionais. Nos últimos três anos, o clube ganhou apenas duas edições do Paulistão.

– Não posso concordar que o Corinthians não é temido. Corinthians é Corinthians. Se a camisa entrar sozinha, o rival vai tremer. Nos momentos bons e ruins, isso vai acontecer. Tem fase boa, melhor ainda e a fase mais ou menos. Estamos retomando o bom momento. A recuperação veio tardia pelo campeonato já estar andando – destacou.

– É possível (matematicamente) chegar ao título no Brasileirão, mas é difícil. Já a classificação direta à Libertadores é possível. O time está numa crescente. É buscar uma ou duas peças para ganhar bastante em qualidade. O elenco é muito bem qualificado. Estamos aqui para trabalhar e tentar chegar no mais alto que conseguirmos – destacou Roberto.