Após saída de Bustos, Santos será comandado pelo auxiliar Marcelo Fernandes contra o Atlético-GO


Enquanto procura por um novo treinador, o Santos será comandado por Marcelo Fernandes. A diretoria do clube anunciou nesta quinta-feira que o auxiliar da comissão técnica fixa já estará na beira do campo neste domingo contra o Atlético-GO, às 18 horas, no estádio da Vila Belmiro, em Santos, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Ele assume interinamente o comando da equipe após a diretoria alvinegra demitir o argentino Fabián Bustos. O treinador não resistiu aos péssimos resultados nos últimos jogos, incluindo aí a goleada de 4 a 0 sofrida para o Corinthians, na Neo Química Arena, em São Paulo, pela rodada de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, e foi demitido. A gota d´água foi a eliminação nas oitavas da Copa Sul-Americana para o Deportivo Táchira, da Venezuela.

“Para o jogo deste domingo (10), contra o Atlético Goianiense, o auxiliar técnico da comissão fixa, Marcelo Fernandes, comanda o time na Vila Belmiro”, informou a diretoria em suas redes sociais.

Marcelo Fernandes, de 50 anos, já foi campeão do Campeonato Paulista à frente do time santista. O feito ocorreu em 2015 após desligamento de Enderson Moreira. Efetivado naquela ocasião, levantou a taça pelo Peixe em disputa com o Palmeiras na Vila Belmiro – a vitória aconteceu na decisão por pênaltis.

Ao longo da história, por duas passagens diferentes, Marcelo Fernandes já dirigiu o Santos em 43 partidas: foram 18 vitórias, 11 empates e 14 derrotas. Três delas foram nesta temporada. Após a demissão de Fabio Carille em fevereiro, o auxiliar comandou o time na derrota para o São Paulo por 3 a 0, pelo Paulistão; no triunfo por 3 a 0 sobre o Salgueiro-PE, pela Copa do Brasil; e no empate por 2 a 2 com o Novorizontino, em casa, pelo Estadual.