Araçatuba tem quase 60% das ocorrências de pipas na rede elétrica na região

Araçatuba registrou 36 ocorrências com pipas na rede elétrica nos cinco primeiros meses de ano, de acordo com levantamento feito pela CPFL Paulista. Em toda a região, incluindo Araçatuba, o número de ocorrências neste período foi de 61. A maior cidade da região concentra 59% das ocorrências.

Além de Araçatuba, Penápolis com nove ocorrências, Birigui com sete, Guararapes com cinco, e Avanhadava com duas, aparecem na lista feita pela empresa.

Em todo o ano passado, Araçatuba teve 91 ocorrências, Birigui teve 26, Guararapes teve 14, Penápolis 11 e Avanhadava teve três, somando 145.

O mês de julho, em razão das férias escolares, é um dos que mais preocupam as autoridades e também a CPFL Paulista, por causa da maior incidência de problemas relacionados à soltura de pipas.

A empresa concessionária do serviço de energia elétrica em diversas cidades da região realiza a campanha Guardião da Vida, com orientações sobre como evitar acidentes com a rede elétrica, incluindo aqueles envolvendo a soltura de pipas.

Algumas das orientações passadas pela empresa foram as de soltar pipas longe da rede elétrica, de preferências em áreas abertas. Jamais promover a brincadeira em ruas e avenidas, por exemplo.

“Empinar pipa é uma brincadeira saudável e ainda muito presente entre as nossas crianças e também entre os adultos, mas os devidos cuidados precisam ser observados. O ideal é analisar o local antes de brincar, identificando, por exemplo, se há cabos de energia próximos, nos quais a pipa pode tocar”, comentou Levi Marcel Rocha, gerente de Saúde e Segurança do Trabalho de Negócios de Mercado na CPFL Energia.

O não uso do cerol também foi ressaltado nas orientações da CPFL Paulista, que lembrou que a utilização do artifício é proibido por lei. Nas últimas semanas, foram registrados pelo menos três acidentes com feridos em Araçatuba envolvendo linhas de pipa com cerol.

Não utilizar papel alumínio, por provocar curto-circuitos, e evitar as rabiolas, que podem enroscar nos fios de energia, foram outras dicas da concessionária, que ainda orientou não soltar pipas em duas chuvosos por conta das descargas elétricas, e não tentar resgatar pipas enroscadas na rede elétrica.

“É importante não tentar resgatar uma pipa enroscada na rede elétrica, pois além de provocar desligamentos no fornecimento de energia pode causar acidentes, com vítimas fatais. Se acontecer de o brinquedo ficar preso em um fio, a melhor atitude é dá-lo como perdido”, complementa Levi Rocha.