Autoridades da cidade de Sloviansk pediram que moradores não saiam de casa; fertilizante já causou explosões como a que destruiu parte de de Beirute, no Líbano, em 2020, e deixou mais de cem mortos.

Um bombardeio na cidade de Sloviansk, no leste da Ucrânia, causou um vazamento de nitrato de amônio nesta quarta-feira (11). A substância, um fertilizante, é a mesma que já gerou grandes catástrofes como a explosão no porto de Beirute, no Líbano, em 2020.

Após o vazamento, autoridades de Sloviansk, na região de Kramatorsk, pediram que os moradores não saiam de suas casa, mas disseram que, de momento, não há risco para a população.

Imagens divulgadas por moradores nas redes sociais nesta quarta-feira (11) mostravam uma densa fumaça alaranjada sobre a região.

O vazamento e o armazenamento incorreto de nitrato de amônio já causaram catástrofes em diferentes regiões do mundo. A mais recente e uma das maiores foi a explosão de um depósito com o fertilizante no porto de Beirute, no Líbano, que destruiu parte da cidade e deixou mais de cem mortos.