Camisa 10 está fora do duelo com a LDU; vídeo do jogador repercutiu nas redes sociais

O vídeo de Daniel Alves batucando tantã com o braço em que sofreu uma fratura repercutiu entre torcedores do São Paulo nas redes sociais.

Internamente, o clube entende que o episódio era evitável. Mas o caso também é visto como uma situação normal. Por isso, não houve cobrança da direção ao jogador.

Dirigentes do São Paulo minimizaram a polêmica. Na visão deles, não se pode comparar a ação de tocar um instrumento com os choques de uma partida de futebol.

Mas, afinal, Daniel Alves podia batucar um instrumento?
A lesão do jogador foi uma fratura no terço médio da diáfise da ulna do braço direito. Para corrigir a lesão, a parte afetada no antebraço foi fixada com um placa de titânio e parafusos. O procedimento faz com que o encaixe da fratura fique estável, dando uma sensação de segurança à pessoa.

Por conta disso, o camisa 10 estava liberado para fazer movimento leves, como o de uma batucada. Sofrer quedas, levantar peso ou qualquer trauma mais forte, no entanto, pode reverter o processo.