Equipe registrava um flagrante de tráfico de drogas quando a avó da menina entrou desesperada com ela nos braços

Uma menina de 4 meses de vida foi salva na noite de sábado (12) no plantão policial de Birigui (SP), local onde a avó dela procurou ajuda após se deparar com a neta engasgada. A família reside próximo ao prédio da delegacia e a avó chegou ao local por volta das 23h30, quando era realizado uma prisão em flagrante por tráfico de drogas.

Segundo o que foi informado ao Hojemais Araçatuba , a mulher estava desesperada, chorando e gritando por socorro, trazendo a pequena Elisa nos braços.

A criança já estava com a pele escura, não apresentava movimentos e os policiais notaram que ela poderia estar engasgada. Ao se deparar com a cena, o escrivão de polícia Jonathan Cristian Rodrigues pegou a bebê no colo e colocou dois dedos na boca dela, conseguindo fazer com que desengasgasse.

Imediatamente a menina começou a chorar e em seguida foi retomando a coloração normal.

O flagrante era presidido pelo delegado Marcel Basso, que determinou ao investigador Nelson Custódio que levasse a bebê para o pronto-socorro com a viatura policial.

Segundo os policiais que atuaram na ocorrência, a equipe de enfermagem do pronto-socorro relatou que a agilidade da manobra realizada pelo escrivão foi crucial para salvar a vida da criança, que poderia ter morrido se o procedimento não tivesse sido feito da forma e no momento certo.

Foi constarado que Elisa havia se engasgado com leite e ela permaneceu no pronto-socorro em observação acompanhada da avó Shirley, onde passou por tomografia para avaliar se o líquido não havia ido para o pulmão. Na manhã deste domingo (13) ela já havia voltado para casa.

O delegado que presidia o flagrante relatou à reportagem que todos ficaram emocionados com a ocorrência, que foi inusitada. “Foi tudo muito rápido e até surpreendente, principalmente por ter ocorrido durante um flagrante que nada tinha relação com os fatos”, relatou.

Fonte: Hojemais