Birigui puxa criação superior a mil postos de trabalho em um mês na região

Os maiores municípios da região criaram, juntos, só em janeiro, 1.079 empregos com carteira assinada. Conforme dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) do Ministério da Economia, divulgados ontem, no primeiro mês de 2021, Araçatuba, Birigui, Andradina, Penápolis e Lins admitiram 4.653 trabalhadores e demitiram 3.574.

O bom resultado regional foi fortemente influenciado por Birigui. No período, o Polo Calçadista Infantil registrou saldo de 500 postos de trabalho, resultado da diferença entre 1.340 contratações e 840 desligamentos. O setor industrial foi o grande responsável por puxar o resultado positivo para a cidade, apresentando saldo de 449 postos de trabalho no mês.

Dos demais municípios avaliados, apenas Andradina demitiu mais do que contratou: saldo negativo de 27 empregos formais. A cidade que nos anos anteriores puxava o resultado positivo na região, desta vez, registrou 463 contratações e 490 demissões no mês. Apresentaram saldo positivo os segmentos da agropecuária e construção. Por outro lado, os setores que tiveram saldo negativo foram comércio, serviços e indústria.

Maior cidade da região, Araçatuba criou 315 empregos. O destaque está no fato de praticamente todos os setores terem fechado o primeiro mês do ano com resultado positivo, com exceção do segmento agropecuário. O ramo com melhor desempenho no município foi o de serviços: saldo de 169 postos de trabalho.

Penápolis e Lins totalizaram a criação de 225 e 66 vagas, respectivamente.