Volante do Red Bull Brasil fechou com o Santos por quatro temporadas. Veja como o jogador pode ser importante no esquema tático de Jorge Sampaoli

Jobson, volante de 23 anos, é o novo reforço do Santos para a temporada. O Peixe fechou um contrato de quatro anos com o atleta, que fará exames médicos na Vila Belmiro nesta terça-feira para assinar o contrato. O LANCE! mostra como o jogador pode ser importante para o técnico Jorge Sampaoli.

Jobson fez um bom Campeonato Paulista, sendo peça chave no esquema tático do Red Bull Brasil, que fez a melhor campanha da primeira fase do Paulistão. O volante mostrou que sabe jogar de cabeça erguida e tem um bom passe para iniciar as jogadas de ataque. Além disso, demonstrou força defensiva ao proteger bem a zaga da equipe campineira.

O volante também chamou atenção pelos chutes de fora da área. Logo na primeira rodada, marcou um belo gol contra o Palmeiras (clube pelo qual foi revelado), em empate por 1×1. Contra a Ferroviária, fez um golaço de cobertura, demonstrando de novo a sua característica de bater bem na bola.

No esquema proposto por Sampaoli, Jobson pode atuar como primeiro ou segundo volante, na vaga de Alison ou Diego Pituca. Jogando de cabeça erguida e distribuindo bem o jogo, o volante pode ganhar chances com o técnico argentino, que gosta deste estilo de jogador.

– É um volante que chamou muita a atenção no Paulista, tem muitas qualidades. Nas quartas de final, tivemos muito cuidado em pressioná-lo, é quem faz a saída da equipe – afirmou Sampaoli, perguntado sobre o jogador.

O Santos procurava opções para o setor, já que o contrato de Jean Lucas, que está emprestado pelo Flamengo, não tem cláusula de opção de compra. No elenco, o Santos conta com Alison, Pituca, Jean Lucas, Yuri e os jovens Gabriel Calabres e Guilherme Nunes para a posição.

Jobson é o oitavo reforço do Santos para a temporada. Além dele, chegaram o goleiro Everson, o zagueiro Felipe Aguilar, os laterais-esquerdos Jorge e Felipe Jonatan, o volante Jean Lucas e os meias Soteldo e Cueva.