Presidente firmou compromisso junto a outros países dos Brics. Bolsonaro disse a Macron que espera apoio francês ao acordo de livre comércio da União Europeia com o Mercosul.

O presidente Jair Bolsonaro e o presidente da França, Emmanuel Macron, se encontraram durante 20 minutos em Osaka, no Japão, durante o G20. No encontro, eles discutiram temas como União Europeia e Mercosul, meio ambiente, relações na fronteira Brasil-Guiana Francesa e aproximação na área de defesa. Bolsonaro convidou o francês para visitar a Amazônia.

Reunião do G20 começa nesta sexta (28) no Japão

Na conversa, Bolsonaro sinalizou a Macron que o Brasil vai continuar no Acordo do Clima de Paris e disse esperar o apoio da França para o acordo de livre comércio da União Europeia com o Mercosul. A posição do presidente brasileiro reforça o compromisso sobre o tema firmado mais pelos Brics (grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).

.

Líderes do G20 posam para foto tradicional em Osaka, no Japão — Foto: Ludovic Marin / AFP Photo

Líderes do G20 posam para foto tradicional em Osaka, no Japão — Foto: Ludovic Marin / AFP Photo

“Continuamos comprometidos com a plena implementação do Acordo de Paris, adotado sob os princípios da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre a mudança climática (UNFCCC), inclusive os princípios das responsabilidades comuns porém diferenciadas e respectivas capacidades , à luz de diferentes circunstâncias nacionais”, diz o texto.

Na quinta-feira (27), Macron havia dito que não assinaria nenhum acordo comercial com o Brasil se Bolsonaro se retirasse do acordo climático de Paris, ameaçando colocar um entrave nos trabalhos das negociações comerciais UE-Mercosul.