Técnico havia prometido ter conversa com atacante sobre ato que lhe rendeu suspensão na Itália

Na entrevista coletiva desta terça-feira, Douglas Costa foi questionado mais de uma vez sobre a cusparada que deu em Di Francesco, em jogo da Juventus contra o Sassuolo, pelo Campeonato Italiano. O atacante foi suspenso por quatro jogos, e Tite disse que teria uma conversa com ele quando se encontrassem na seleção brasileira.

Douglas Costa confirmou que foi advertido pelo técnico.

– A gente realmente conversou. Com o Tite sempre foi olho no olho, ele falou o que pensa, eu respeitei e pedi desculpas pelo que aconteceu. Foi um dia em que não fui feliz, eu não estava em mim. Nunca havia cometido esse ato em 10 anos de carreira, espero deixar no passado. O clube também conversou comigo, ninguém passou a mão na minha cabeça. Eu errei – disse.

 

Douglas Costa deverá ser confirmado no treino de quarta-feira como titular da Seleção que enfrentará o Uruguai na sexta, no estádio do Arsenal.

A concorrência em sua posição é pesada. Ele disputa uma vaga com Willian, segundo jogador que mais atuou pela equipe sob o comando de Tite, com 26 jogos. Além deles, Gabriel Jesus e Richarlison já jogaram pelo lado direito depois da Copa do Mundo. Mesmo assim, o desempenho destacado de Douglas Costa na Rússia deve lhe garantir novas chances.

– A Seleção sempre teve grandes jogadores, independentemente de ser na minha posição. Quanto mais jogadores, melhor. Eu fico contente e satisfeito de estar aqui e poder disputar posição.