Foi defender a companheira dele de um xingamento feito a ela pelo investigado, em 19 de dezembro, em Coroados


O churrasqueiro Altair José Schauren, 46 anos, morador em Coroados (SP), morreu no domingo (3) na Santa Casa de Araçatuba, com traumatismo craniano. Ele foi internado em 19 de dezembro, após sofrer uma queda, durante uma briga.

Segundo a companheira da vítima, na ocasião ele discutiu com um ajudante de motorista de 44 anos, após o investigado ter proferido xingamentos contra ela.

Durante a briga, Schauren acabou caindo e batendo a cabeça. Ele foi atendido no hospital local e transferido para a Santa Casa de Araçatuba com traumatismo craniano.

De acordo com a companheira do churrasqueiro, ele permaneceu internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva), mas teve o óbito constatado no domingo, após sofrer uma parada cardiorrespiratória.

O corpo foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) para exame necroscópico antes de ser liberado para velório e enterro. O caso registrado como lesão corporal seguida de morte.
Fonte: Hojemais