Birigui avança na geração de energia limpa e registra investimento de R$ 28 milhões em 2021

Com o crescimento de 133,3% nos investimentos em micro e mini geração de energia entre 2020 e 2021, o município de Birigui, avança na incorporação de tecnologias limpas e eficiência energética. Os aportes de recursos entre 2016 e 2021, totalizam R$ 50 milhões de reais.

E, dos últimos cinco anos, o maior crescimento foi entre 2020 e 2021, tendo as famílias e setores produtivos biriguienses, ampliado de R$ 12 milhões para R$ 28 milhões de reais, os desembolsos para a geração própria de energia. Foram R$ 16 milhões a mais de investimentos na comparação interanual.

Os dados são do Observatório de Inteligência Econômica da SDE (Secretaria de Desenvolvimento Econômico), da Prefeitura Municipal de Birigui, a partir de informações do Ministério de Minas e Energia, onde ficou evidente que a energia fotovoltaica foi o foco dos investimentos familiares e empresariais.

As informações do Ministério de Minas e Energia mostraram ainda que em 2016, os projetos implementados em Birigui estavam concentrados no setor residencial. No ano de 2017 e 2018, houve a incorporação do setor comercial e, de 2019 em diante, os setores industrial e rural.

Nesse contexto, dos R$ 28 milhões de reais desembolsados em energia fotovoltaica em 2021, 79% se concentravam no segmento residencial; 14% no comercial; 4% no industrial e 3% no rural.

Com os investimentos realizados em 2021, Birigui aumentou em 100% sua potência de geração de energia fotovoltaica, passando de 3 para 6 Megawatt (Mw); o número de sistemas de geração ampliou-se 165,7%, avançando de 327 para 869. E, o número de consumidores atendidos, expandiu-se 177,81%, de 374 para 1.039.