Confira dez curiosidades sobre o Campeonato Paulista

Segundo a Federação Paulista de Futebol, a primeira equipe campeã paulista foi o São Paulo Athletic (SPAC), no ano de 1902. (Foto: Eduardo Nunes/ FPF)


Segundo a Federação Paulista de Futebol, a primeira equipe campeã paulista foi o São Paulo Athletic (SPAC), no ano de 1902.

A primeira partida da história do Campeonato Paulista, em 1902, marcou também o primeiro jogo oficial do futebol brasileiro. O duelo foi disputado entre Mackenzie e Germânia, no Parque Antártica, e acabou 2 a 1 para o time mackenzista

A primeira partida da história do Campeonato Paulista, em 1902, marcou também o primeiro jogo oficial do futebol brasileiro. O duelo foi disputado entre Mackenzie e Germânia, no Parque Antártica, e acabou 2 a 1 para o time mackenzista (Foto: Reprodução)

A primeira partida da história do Campeonato Paulista, em 1902, marcou também o primeiro jogo oficial do futebol brasileiro. O duelo foi disputado entre Mackenzie e Germânia, no Parque Antártica, e acabou 2 a 1 para o time mackenzista (Foto: Reprodução)

Atual campeão, o Corinthians é o maior detentor de títulos paulistas, com 30 taças. (Foto: Rodrigo Coca/ Agência Corinthians)

3/10

Atual campeão, o Corinthians é o maior detentor de títulos paulistas, com 30 taças. (Foto: Rodrigo Coca/ Agência Corinthians)

O maior público de uma partida pelo Campeonato Paulista foi no segundo duelo entre Corinthians e Ponte Preta, pela final do torneio, no ano de 1977. Apesar da derrota para a Macaca, por 2 a 1, o Timão acabou campeão daquela edição da competição e pôs fim ao jejum de 23 anos sem levantar um caneco. 146.082 torcedores acompanharam a segunda partida da série de três.

O maior público de uma partida pelo Campeonato Paulista foi no segundo duelo entre Corinthians e Ponte Preta, pela final do torneio, no ano de 1977. Apesar da derrota para a Macaca, por 2 a 1, o Timão acabou campeão daquela edição da competição e pôs fim ao jejum de 23 anos sem levantar um caneco. 146.082 torcedores acompanharam a segunda partida da série de três.

O maior campeão em sequência é o Paulistano, com um tetracampeonato (1916, 1917, 1918 e 1919). O Corinthians, caso seja campeão nesta edição, pode alcançar a mesma meta. O Alvinegro é o atual tricampeão.

O maior campeão em sequência é o Paulistano, com um tetracampeonato (1916, 1917, 1918 e 1919). O Corinthians, caso seja campeão nesta edição, pode alcançar a mesma meta. O Alvinegro é o atual tricampeão.

O melhor ataque da história do Paulistão foi do Palmeiras, no ano de 1996. Naquela edição, o Verdão marcou incríveis 102 gols e foi campeão com 28 pontos de vantagem. (Foto: Acervo/ Gazeta Press)

O melhor ataque da história do Paulistão foi do Palmeiras, no ano de 1996. Naquela edição, o Verdão marcou incríveis 102 gols e foi campeão com 28 pontos de vantagem. (Foto: Acervo/ Gazeta Press)

O melhor ataque da história do Paulistão foi do Palmeiras, no ano de 1996. Naquela edição, o Verdão marcou incríveis 102 gols e foi campeão com 28 pontos de vantagem. (Foto: Acervo/ Gazeta Press)

O maior artilheiro de uma única edição de Campeonato Paulista é Pelé. O Rei do Futebol marcou 58 gols na edição de 1958. (Foto: Acervo/ Gazeta Press)
O maior artilheiro de uma única edição de Campeonato Paulista é Pelé. O Rei do Futebol marcou 58 gols na edição de 1958. (Foto: Acervo/ Gazeta Press)

O primeiro artilheiro da história do Paulistão foi Charles Miller em 1902, com 10 gols. O mesmo foi o precursor do futebol no Brasil. O primeiro artilheiro da história do Paulistão foi Charles Miller em 1902, com 10 gols. O mesmo foi o precursor do futebol no Brasil.

O último título paulista que não ficou entre os quatro grandes, foi do Ituano. Em 2014, o Galo de Itu venceu o Santos, nos pênaltis. (Sérgio Barzaghi/ Gazeta Press)

O último título paulista que não ficou entre os quatro grandes, foi do Ituano. Em 2014, o Galo de Itu venceu o Santos, nos pênaltis.
O último título paulista que não ficou entre os quatro grandes, foi do Ituano. Em 2014, o Galo de Itu venceu o Santos, nos pênaltis.

Em 1936 a disputa do Campeonato Paulista tinha Corinthians e Palmeiras como os grandes favoritos, funcionando como um jogo de “cara ou coroa”. No entanto, o São Paulo conquistou o título, em um episódio que ficou marcado como o dia em que a moeda caiu de pé. (Foto: Acervo/ Gazeta Press)

Em 1936 a disputa do Campeonato Paulista tinha Corinthians e Palmeiras como os grandes favoritos, funcionando como um jogo de “cara ou coroa”. No entanto, o São Paulo conquistou o título, em um episódio que ficou marcado como o dia em que a moeda caiu de pé. (Foto: Acervo/ Gazeta Press)