Confrontos diretos e duelos contra os líderes serão decisivos para determinar quem irá para a Série C 2021. Seis times estão diretamente na briga contra o rebaixamento

Faltam cinco rodadas para o fim da Série B do Brasileiro, e o caminho está traçado para os seis times mais ameaçados na briga contra o rebaixamento. Náutico, Vitória, Figueirense, Paraná, Botafogo-SP e Oeste (este buscando um milagre para não cair) vão definir a fuga do Z-4 com confrontos diretos e duelos contra times do G-4.

A reta final da corrida contra a queda terá três confrontos diretos: Náutico x Oeste, na 36ª rodada, e Vitória x Botafogo-SP e Oeste x Paraná, ambos na 37ª.

Além disso, os últimos colocados vão fazer oito partidas contra as equipes que estão no grupo de acesso: América-MG, Chapecoense, Cuiabá e CSA. Só a equipe alagoana terá pela frente três dos principais ameaçados pela queda.

Em posições intermediárias na classificação, Sampaio Corrêa e Cruzeiro também podem ser decisivos para definir o Z-4 – cada um terá três adversários da parte de baixo da tabela nas últimas rodadas.

NÁUTICO – 15º lugar, com 38 pontos
O Timbu precisa de mais sete pontos para alcançar os “mágicos” 45 pontos para escapar. Pela frente, o Náutico pega nada menos que o líder América-MG, em casa, nos Aflitos, na terça-feira. O time pernambucano terá ainda como adversários o lanterna Oeste e o CSA, quarto colocado, ambos em casa, além de Ponte, que ainda sonha com o acesso, e o Cruzeiro, os dois fora.

Jogos: América-MG (C), Ponte Preta (F), Oeste (C), Cruzeiro (F) e CSA (C).

VITÓRIA – 16º lugar, com 37 pontos
O Vitória joga apenas na quarta-feira, contra o Avaí, que ainda sonha com o acesso, em Florianópolis. Na 35ª rodada o Leão tem mais um catarinense pela frente, a vice-líder Chapecoense, no Barradão. O time baiano vai encarar ainda o Guarani, que briga pelo G-4, e o Botafogo-SP, em confronto direto, também em casa. Fecha diante do Brasil de Pelotas, fora.

Jogos: Avaí (F), Chapecoense (C), Guarani (F), Botafogo-SP (C) e Brasil-RS (F)

FIGUEIRENSE – 17º lugar, com 36 pontos
Abrindo o Z-4, o Figueirense encara nesta rodada a vice-líder Chapecoense, no clássico regional. Em seguida, pega o Brasil de Pelotas e o CRB, ambos sem riscos de queda ou maiores chances de acesso. O Juventude e a Ponte Preta, que ainda lutam pelo G-4, serão os últimos adversários.

Jogos: Chapecoense (F), Brasil-RS (C), CRB (F), Juventude (F), Ponte Preta (C)

PARANÁ – 18º lugar, com 33 pontos
Lanterna do segundo turno, com apenas cinco pontos ganhos em 14 jogos, o Paraná vai pegar dois candidatos ao acesso, o CSA, terça-feira, na 34ª rodada, e o Cuiabá, na 36ª. Esses dois jogos serão na Vila Capanema. Entre essas partidas, pegará o Sampaio Corrêa, e na 37ª rodada o lanterna Oeste. A última partida será contra o Cruzeiro, em Curitiba.

Jogos: CSA (C) / Sampaio Corrêa (F) / Cuiabá (C) / Oeste (F) / Cruzeiro (C)

BOTAFOGO-SP – 19º lugar, com 30 pontos
Vice-lanterna, o Botafogo-SP vem embalado pela vitória por 3 a 0 sobre a vice-líder Chapecoense, no sábado, e tem pela frente o Sampaio Corrêa, em casa. Na sequência, o Pantera pega dois integrantes do G-4: o atual líder América-MG, em Belo Horizonte, e o CSA, no Santa Cruz. Depois vem o confronto direto com o Vitória, em Salvador. A última partida será contra o Operário-PR.

Jogos: Sampaio Corrêa (C), América-MG (F), CSA (C), Vitória (fora) e Operário-PR (C)

OESTE – 20º lugar, com 23 pontos
Afundado em último, o Oeste já pode ser rebaixado nesta rodada, caso não vença o Cruzeiro ou se Vitória ou Figueirense ganharem. Porém, o Rubrão pode ter papel fundamental na definição dos demais rebaixado, já que pega o Náutico, nos Aflitos, e depois o Paraná, em Barueri. Na última rodada o adversário será o Sampaio Corrêa, no Maranhão.

Jogos: Cruzeiro (F), Confiança (C), Náutico (F), Paraná (C) e Sampaio Corrêa (F).