Doze clubes da Série A do Brasileiro poderão ficar sem o patrocínio da Caixa em 2019

Montagem Caixa
Em acórdão publicado no fim de novembro, o Tribunal de Contas da União proibiu a Caixa Econômica Federal de renovar com os times do futebol brasileiro – todos os contratos vencem entre dezembro e abril próximos. Sendo assim, a saída da empresa do cenário esportivo pode impactar os cofres de 25 das 40 equipes que disputaram as Séries A e B do Brasileiro. LANCE! mostra quanto os atuais clubes da elite receberam da Caixa em 2018. *Os valores não incluem as bonificações por metas cumpridas.
1 |
FLAMENGO – R$ 25 milhões

2 |
SANTOS – R$ 10,8 milhões

3 |
BOTAFOGO – R$ 10 milhões

4 |
ATLÉTICO-MG – R$ 10 milhões

5 |
CRUZEIRO – R$ 10 milhões