Corinthians encontra dificuldade para se livrar de quinteto liberado por Mancini


O Corinthians não abriu mão de reformular seu elenco, apesar da política de contensão de gastos ter sido implantada para esse início de temporada.

O clube não renovou contratos, promoveu jovens promessas das categorias de base e Vagner Mancini também decidiu liberar alguns jogadores, mesmo com vínculos sob vigência.

Pouco a pouco, a diretoria corintiana tem enxugado essa lista. Walter, Jonathan Cafú, Sornoza, Éderson, Janderson e Matheus Davó foram alguns dos que já arrumar um novo clube para jogar.

O esforço do departamento agora está todo voltado a um quinteto: Michel Macedo, Matheus Jesus, Fessin, Everaldo e André Luis.

Os cinco estão treinando para manter o mínimo de condicionamento físico. O fato do gerente de futebol, Alessandro Nunes, e do diretor de futebol, Roberto de Andrade, terem sido afastados por cauda da covid-19 também contribuiu para a interrupção de algumas conversas.

Veja a situação de cada um:

Michel – contrato até 31 de dezembro de 2021
Matheus Jesus – contrato até 31 de dezembro de 2023
Fessin – contrato até 31 de dezembro de 2021
Everaldo – contrato até 31 de junho de 2023
André Luis – contrato até 31 de dezembro de 2022

Clubes interessados nos cinco jogadores há, e não são poucos. O Corinthians, no entanto, recebeu poucas propostas oficiais. Por ora, as sondagens e tratativas nos bastidores têm dado o ritmo das negociações.

O diretoria do Corinthians pretende vender esses atletas, e é isso que tem assustado, de certa maneira, aqueles que manifestam alguma vontade.

Os empréstimos não estão descartados, mas o Corinthians também tem procurado situações vantajosas neste sentido, como se eximir do pagamento do salário ou inserir preços para compra obrigatória no contrato.

A princípio, os dirigentes corintianos não estão dispostos a aceitar “qualquer coisa” para liberar os cinco atletas. Mas, há também a preocupação com a eventual paralização do futebol em mais Estados do país e a dificuldade que tem se apresentado para arrumar um novo clube para cada um deles.