Ele foi internado com uma infecção no peito em hospital de Nova Déli, na Índia, na terça-feira (9).

O Dalai Lama, líder espiritual dos budistas tibetanos, está se sentindo melhor e provavelmente receberá alta dentro de alguns dias, informou o porta-voz do religioso. O monge budista de 83 anos foi internado na terça-feira (9) em um hospital de Nova Déli com uma infecção no peito.

“Sua Santidade está muito melhor, mas segue sob tratamento no hospital e esperamos que saia dentro de alguns dias”, afirmou Tenzin Taklha à AFP por telefone.

Dalai Lama, que fugiu para a Índia no início de 1959 após uma rebelião fracassada contra o domínio chinês, vive exilado na cidade montanhosa de Dharamshala, no norte da Índia.

“O médico disse que não há razões para preocupação. Não é nada sério. Ele terá um repouso de alguns dias”, disse Ngodup Tsering, representante do Dalai Lama nos Estados Unidos, sem confirmar se ele continuaria o tratamento no mesmo hospital.

Embora seja um orador muito popular até hoje, o Dalai Lama reduziu drasticamente seus compromissos internacionais e não se encontra com nenhum líder global desde 2016. Ao mesmo tempo, diversos governos admitem reticências ao convidar o Dalai Lama por medo de gerar tensões com o governo chinês.

Até mesmo a Índia – país que ofereceu asilo ao líder espiritual dos tibetanos em 1959 – deu as costas ao Dalai Lama, a ponto de aparentemente ter alertado funcionários públicos a não participar em eventos com ele para evitar suscetibilidades diplomáticas.