Policial militar de Araçatuba (SP) participou de live para arrecadar alimentos para instituições da cidade. Corporação já arrecadou 13 toneladas de alimentos. Vídeo ganhou a web e mais pessoas ligaram para fazer doações.

Depois que o capitão da Polícia Militar de Araçatuba (SP) viralizou com uma dança durante live solidária e ganhou a web com a atitude espontânea, a rotina na Central de Atendimento da corporação mudou drasticamente.

Em entrevista o policial Vander Duarte, conhecido como capitão Duarte, afirmou que muitas pessoas ligaram nesta quarta-feira (2) para doar alimentos para três instituições da cidade. Até a noite de quarta-feira (2), 13 toneladas de alimentos tinham sido arrecadadas.

“Foi muito bom ver que a repercussão do vídeo deu resultado. As instituições receberão bastante ajuda. Esse era nosso objetivo com a live”, diz.

Capitão da PM viraliza ao dançar durante live solidária em Araçatuba — Foto: Reprodução

Capitão da PM viraliza ao dançar durante live solidária em Araçatuba — Foto: Reprodução

A live foi transmitida na noite de sexta-feira (28) e contou com a participação da Banda Regimental de Música da Polícia Militar de Araçatuba. O capitão dançou apenas no final, mas foi o suficiente para ganhar a web.

As imagens foram compartilhadas por inúmeros perfis em redes sociais, incluindo o do padre Fábio de Melo, que possui mais de 21 milhões de seguidores no Instagram.

“Meta de vida: ter a malemolência do Capitão Duarte. Aliás, fico muito feliz toda vez que vejo um profissional demonstrando que a alegria não se opõe à autoridade”, escreveu o padre na publicação feita na terça-feira (1º).

Apesar de Duarte ter dançado pouco durante a live, o gingado é de família. Em outro vídeo gravado é possível ver o capitão fazendo passinhos com os filhos na formatura do irmão, que também faz parte da corporação.

“A gente dançava no nosso bairro, em Santo André. Então, é de família. A gente sempre anima as festas”, diz o tenente da Polícia Militar, Ricardo Duarte dos Santos, irmão do capitão.

Inspirado por grandes cantores, como Michael Jackson e James Brown, o capitão Duarte conta que resolveu fazer os passinhos de forma espontânea.

“Na hora do trabalho, levamos a sério, mas quando estamos de folga, precisamos fazer o que gostamos. Eu não esperava que teria essa repercussão. Achei que estava fazendo algo pontual para Araçatuba. Não imaginava que fosse rodar o Brasil”.