Droga estava em carro que saiu de Rio Preto e um dos acusados disse que ganharia R$ 1.600,00 pelo transporte

A Polícia Militar prendeu na noite de segunda-feira (18), em Braúna (SP), a 42 quilômetros de Araçatuba, dois homens acusados de tráfico de drogas. No carro em que eles estavam foram encontrados 16 tabletes de maconha.

O flagrante foi feito por volta das 22h30, por equipe que estava em patrulhamento e suspeitou da dupla que estava com um VW Gol parado em frente ao Centro de Saúde, na rua José Fernandes Braz.

Ao perceberem a aproximação da viatura, cada um dos suspeitos correu para um lado. Os policiais notaram que o carro estava sem uma das rodas dianteira e falaram com populares, que disseram que a dupla havia estacionado no local.

A equipe conseguiu deter primeiro um desempregado de 20 anos, morador em São José do Rio Preto. Ele não soube dizer porque havia corrido. Apesar de ainda não terem vistoriado o carro, os policiais pergurtaram de quem era a droga que havia nele e o acusado assumiu a propriedade.

Ele contou que saiu de Rio Preto com o comparsa, carregando 16 tabletes de maconha para serem entregues na terceira cidade depois de Braúna (Rinópolis). Ainda de acordo com o desempregado, eles receberiam R$ 100,00 pelo transporte de cada tablete da droga.

Após detê-lo, os policiais foram atrás do outro acusado, um vendedor ambulante de 29 anos, morador em São Bento (PB). Este foi encontrado e disse que nada sabia a respeito da droga, pois havia apenas pego carona em Rio Preto. Porém, não soube informar para onde iria.

Os policiais retornaram até onde o carro estava e, ao abrir a porta, sentiram o cheiro do entorpecente, que estava escondido nas laterais, atrás do forro.

A dupla foi levada para o plantão policial em Penápolis junto com a droga e o carro para o registro do boletim de ocorrência. Os acusados foram presos em flagrante e ficaram à disposição da Justiça, enquanto a droga será periciada.

O veículo foi apreendido e levado para o pátio de um guincho.

 

Fonte: Hojemais