Visualização do fenômeno será total apenas em uma faixa de terra entre o Chile e Argentina. Conheça outros fatos que já marcaram a observação do céu pelos brasileiros.

 

 

Entenda como é um eclipse solar total

Nesta terça-feira (2), o Chile e a Argentina terão a oportunidade de assistir a um eclipse solar total. No Brasil, teremos a mesma chance apenas em 2045. Desta vez, vamos poder ver a versão parcial do que acontecerá nos países vizinhos, quando apenas parte do Sol é “escondida” pela Lua.

Vídeo explica o eclipse solar desta terça
Os mitos por trás dos eclipses
Ainda assim, nem todos os estados do Brasil conseguirão assistir. Além disso, o tempo precisa colaborar, sem muitas nuvens. Veja as capitais e estados onde o fenômeno acontecerá na forma parcial:

Eclipse solar será visto de forma parcial no Brasil — Foto: Wagner Magalhães/G1

Eclipse solar será visto de forma parcial no Brasil — Foto: Wagner Magalhães

 

Trajetória e duração
A visualização do eclipse começará sobre o oceano às 13h55 (horário de Brasília) e às 18h50 o último ponto na superfície terrestre verá o fim do eclipse. Justamente por isso, os horários variam conforme a localização da cidade. No Brasil, o evento vai ocorrer já no fim da tarde e será visto em 14 das 27 capitais brasileiras.