Peixe apresenta contestação ao processo do goleiro e pede que seja considerado improcedente

O Santos protocolou, na última segunda-feira, uma contestação ao processo em que Everson pede a rescisão de seu contrato com o clube. No documento, o Peixe alega que o técnico Jorge Sampaoli ligou para o goleiro com a intenção de levá-lo ao Atlético-MG.

O Santos ainda cita, na ação, que Sampaoli teria entrado em contato também com Eduardo Sasha, já anunciado como reforço do Atlético-MG após acordo com o Peixe. Pessoas próximas ao treinador negam que ele tenha ligado para os jogadores santistas.

“A verdade é que o ex-treinador do Santos, atualmente treinador do Clube Atlético Mineiro, entrou em contato com o atleta, tentando convencer-lhe a ir ao clube de Minas Gerais – clube este que, diferentemente do Santos, demitiu mais de 50 (cinquenta) empregados durante a paralisação (docs. 14 a 15). A mesma situação ocorreu com o atleta Eduardo Colcenti Antunes (“Eduardo Sasha”), que também ajuizou ação contra o Santos”, diz o Santos na ação.
Leia mais sobre o Santos:

Para se defender do pedido de rescisão, o Santos também diz que Everson já havia concordado “verbalmente” com a forma como o clube devolveria parte dos 70% dos salários de abril, maio, junho e julho, reduzidos por causa da pandemia do novo coronavírus.

“(…) As negociações entre Diretoria e atletas estavam muito adiantadas (os atletas, inclusive o reclamante, já haviam concordado verbalmente com o pagamento parcial e a redução de 25%, pendente apenas o plano de devolução das diferenças). Em suma, o reclamante concordou em limitar a redução a 25% (vinte e cinco por cento) e com a devolução do valor em 3 parcelas a serem pagas ainda este ano”.


O Santos ainda cita o fato de ter preservado emprego de todos os funcionários durante a pandemia do novo coronavírus graças à redução de 70% nos salários dos jogadores e pede que o processo do goleiro Everson seja julgado improcedente.

O clube diz que aceita Everson de volta e que o goleiro não treina, mesmo com contrato ativo, desde 18 de julho, quando entrou com a ação.