Prefeitura informou que enviou carta de intenções para compra de 220 mil doses da vacina russa Sputnik V

A Prefeitura de Araçatuba (SP) informou na tarde desta quinta-feira (25), que o prefeito Dilador Borges (PSDB) recebeu a visita de grupos de empresários da cidade que foram oferecer auxílio financeiro para aquisição de vacinas contra a covid-19 para imunizar a população local.

Segundo o que foi divulgado, os empresários se colocaram à disposição para financiar a aquisição de vacinas, independentemente de marca, fabricante ou fornecedor. Eles inclusive disponibilizaram contatos de representantes para negociação.

A administração municipal informa que após ser autorizada a compra de vacinas pelos municípios e por pessoas jurídicas de direito privado, foram elaborados estudos dos processos de importação e conhecimento dos fornecedores. A partir daí, foi elaborada uma Carta de Intenções para aquisição das vacinas.

Vacina Russa

Em nota distribuída à imprensa, o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho, Marcelo Mazzei, informa que a primeira carta de intenções já foi encaminhada à distribuidora internacional de medicamentos TMT Globalfarm LTD, solicitando proposta comercial e condições para o fornecimento da vacina russa Sputnik V. “A princípio, estamos solicitando 220 mil doses”, informa.

O secretário explica que apesar de essa vacina não ter sido autorizada pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), há um parecer da própria agência liberando a utilização de vacinas com certificação internacional, que é o caso da Sputnik.

Ainda de acordo com ele, após o aceite da carta de intenções, terá início o processo para angariar os recursos para financiar a compra com os empresários locais.

Outros fornecedores

Na mesma nota, a secretária municipal de Saúde de Araçatuba, Carmem Guariente, informa que serão enviadas cartas de intenções de compra a todos os fornecedores de vacinas disponíveis no mercado, com o objetivo de atender o mais rápido possível a necessidade da população, independentemente de marcas.

Sobre a iniciativa dos empresários em se propor a ajudar no financiamento das vacinas, Dilador argumenta que toda ajuda é bem-vinda, como têm sido bem-vindas todas as parcerias recebidas pela administração municipal. “Nesta situação não será diferente, principalmente por sua importância para salvar vidas” , declara.