Empresas biriguienses exportaram mais de 24 milhões de dólares para 58 países

Cinquenta e oito países compraram produtos das empresas biriguienses entre janeiro e agosto de 2019. Essas informações foram compiladas pelo Observatório de Inteligência Econômica da SEDECTI (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação).

A Prefeitura de Birigui teve como base de dados as informações oficiais do Ministério da Economia.

A balança comercial de Birigui neste período está superavitária em US$ 14,65 milhões, resultado da diferença entre as exportações de US$ 24,18 milhões e as importações de US$ 9,53 milhões.

Em relação aos principais países compradores dos produtos biriguienses, os destaques foram para a China (34% do total), Bolívia (12%), Venezuela (9,7%), Equador (5,8%) e Peru (5,2%).

Já com relação as importações, os três grandes fornecedores foram a China com (50% do total), Coréia do Sul (14%) e Uruguai (9,2%).

As exportações para a China cresceram 5,5% em relação ao mesmo período do ano passado, sendo que o país se destaca na compra da commodities soja.

A Bolívia ocupa a segunda posição no ranking de maiores compradores das exportações da cidade, com destaque para a compra de transformadores elétricos, calçados e máquinas e aparelhos para agricultura.

As exportações para a Bolívia aumentaram 105,5% entre janeiro e agosto deste ano comparado ao mesmo período de 2018.

Foram 39 empresas da cidade que realizarem exportações durante o período analisado, alcançando os principais blocos econômicos mundiais.

Do ponto de vista das exportações, os destaques foram para a comercialização de soja, calçados, transformadores elétricos e milho, evidenciando uma pauta exportadora composta por produtos industrializados e commodities.