Vítima ficou presa às ferragens, que tiveram que ser cortadas para o resgate, feito por equipes de socorro

O engenheiro agrônomo Paulo Deocleciano Maraldi Lusvarghi, 28 anos, morreu após capotar o carro que conduzia na rodovia Marechal Rondon (SP-300), em Lins (SP). O acidente aconteceu na noite do último sábado (31) e ele chegou a ser socorrido, mas não resistiu.

Segundo a Polícia Militar Rodoviária, a vítima morava em Lins e conduzia um GM Corsa pela pista oeste, sentido ao interior.

Quando passava pelo quilômetro 441, por volta das 21h30, Lusvarghi perdeu o controle de direção, passou pelo canteiro central, cruzou a pista contrária e o carro parou capotado no acostamento da pista oposta.

O engenheiro agrônomo ficou preso às ferragens, que tiveram que ser cortadas para o resgate, feito por equipes de socorro do Corpo de Bombeiros e da concessionária Via Rondon.

Quando os policiais chegaram ao local ele já havia sido levado para o hospital e morreu ainda durante o transporte.

O local onde ocorreu o capotamento foi periciado e o carro apreendido por estar com o licenciamento vencido. Segundo a polícia, não chovia no momento do acidente.

O corpo da vítima passou por exame necroscópico antes de ser liberado aos familiares.