Aline Soares Alves, de 18 anos, quer cursar medicina e contou dicas de como escreveu o texto nota mil.

A estudante Aline Soares Alves, de 18 anos, foi uma das 28 pessoas que alcançaram a nota mil na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020, cujas notas foram divulgadas na segunda-feira (29). A aluna, que nasceu em Fortaleza, mas mora em João Pessoa, conta que para atingir a nota máxima, precisou driblar a falta de concentração nas aulas à distância, por causa da pandemia, deixar o celular de lado e escrever até duas redações por semana.

“Minha rotina de estudos foi bem diferente da que era antes da pandemia, precisei mudar muita coisa. Eu tive muita dificuldade em prestar atenção na aula EAD, foi muito difícil porque qualquer coisa me distraía, principalmente o celular. Para contornar isso, tive que focar, deixar o celular de lado e realmente me dedicar aos estudos”, conta a jovem, que passou a maior parte do ano nas aulas à distância e voltou para o presencial híbrido em outubro.

Segundo Aline, a prioridade durante o ano foi resolver questões ao invés de fazer resumo dos conteúdos do Enem. Para a redação, a prática foi semanal. “Meu preparo foi fazer até duas redações por semana. Estudei até a véspera porque fiquei ansiosa, então um dia antes da prova eu fiquei revisando as minhas redações”, comenta Aline.