Exportações biriguienses crescem 303,9% em maio, consolidando o melhor mês dos últimos 3 anos

Birigui exportou US$ 8.367.171,00 milhões de dólares em maio, apresentando crescimento de 303,9% em relação ao mesmo mês do ano passado. Foi o melhor mês de vendas externas dos últimos 3 anos.

No ranking dos principais produtos exportados, os destaques foram para soja com US$ 2.9 milhões (35,35% do total exportado); resíduos de metais preciosos, com vendas de US$ 1.4 milhões (16,55%) e, empatados, transformadores elétricos e outros calçados com sola exterior e parte superior de borracha e plástico, ambos com US$ 1.1 milhões (13,6%).

As exportações de soja, produto tradicional do agronegócio biriguiense, alcançaram 4.431 toneladas no mês e foram enviadas para o Japão e China.

SUPERÁVIT

As importações totalizaram US$ 3.916.447,00 dólares em maio. Com o resultado, o município obteve um superávit comercial de US$ 4.450.724,00 milhões, expansão de 331% na comparação interanual. As informações são do Ministério da Economia e foram compiladas pelo Observatório de Inteligência Econômica da Prefeitura de Birigui.

Os produtos locais foram comercializados no quinto mês do ano em 27 países, apresentando expansão de 21% nos mercados atendidos em comparação a maio de 2021. Os principais mercados atendidos pelas empresas biriguienses foram: Japão (32,20%); Alemanha (12,24%); Equador (8,6%); Chile (7,8%); China (7,5%); Índia (4,8%); Argentina (4,4%), entre outros.