Suspeito entrou na recepção da unidade de saúde, rendeu policial municipal e roubou a arma dele

Um homem armado rendeu um policial municipal e invadiu o pronto-socorro de Birigui (SP) para matar um suposto paciente. O caso aconteceu na noite desta sexta-feira (5).

De acordo com a OSS (Organização Social de Saúde) da Irmandade da Santa Casa de Birigui, responsável pela gestão do pronto-socorro, ninguém se feriu.

Conforme nota emitida pela unidade de saúde, o homem entrou na recepção do PS, com uma arma de fogo nas mãos, ameaçando pacientes que aguardavam atendimento médico e colaboradores.

Ele rendeu o policial municipal que estava na recepção do PS e roubou a arma dele, um revólver 38. De posse das duas armas, ele exigiu que o policial o levasse em todos os leitos para localizar o homem que procurava, que seria seu desafeto.

Após causar pânico nos funcionários, pacientes e acompanhantes que estavam no local, e não encontrando seu alvo, o autor fugiu levando as duas armas. O hospital acionou a Polícia Militar e a Polícia Municipal, porém quando as viaturas chegaram o autor já não estava no local.

“Informamos que não ocorreram disparos de arma de fogo e não houve feridos nesta ação criminosa. Lamentamos o fato ocorrido e medidas de maior segurança serão tomadas”, informou a Santa Casa de Birigui.

 

Conforme apuração da reportagem, por meio de fotografia e de outros registros policiais, o autor já foi identificado. Ele mora em Birigui, tem antecedentes criminais e seria autor de uma tentativa de homicídio ocorrida no último dia 20 de março na cidade . A vítima, a mesma que ele procurava ontem no PS, permaneceu internada na Santa Casa de Birigui, mas já teve alta.

Várias buscas foram realizadas, mas o autor e a arma ainda não foram localizados.