Foi encontrado deitado na cama, já sem vida; tinha convulsões e ataques epiléticos e tomava medicamentos controlados

Marcos Antônio de Souza Jordão, 49 anos, morador no bairro João Crevelaro, em Birigui (SP), foi encontrado morto na casa dele, na madrugada desta quinta-feira (14). Segundo o irmão, que comunicou o óbito à polícia, ele tinha convulsões e ataques epiléticos e tomava medicamentos controlados.

O irmão da vítima disse à polícia que Jordão residia com os pais e cuidava deles. Contou ainda que o pai dele possuía um sino e tocava quando precisava de ajuda para se comunicar com filho.

Por volta das 4h desta quinta-feira o pai dele teria tocado o sino algumas vezes e como não houve resposta, a mãe dele teria se levantado e ido ao quarto do filho, para saber se ainda estava dormindo.

Ao abrir a porta do quarto, ela teria encontrado Jordão deitado na cama, já sem vida. Antes de telefonar para o irmão da vítima, a mãe telefonou para o resgate do Corpo de Bombeiros.

O irmão da vítima disse à polícia que ela tinha convulsões e ataques epiléticos e tomava medicamentos controlados. Contou ainda que Jordão não tinha nenhum desafeto ou problemas com outra pessoa.