A suspeita é de que o aposentado tenha se queimado quando ateava fogo no carro do filho

Um aposentado de 88 anos, morador no bairro Silvares, em Birigui (SP), foi internado na madrugada desta segunda-feira (16) após ser encontrado com mais de 70% do corpo queimado.

O idoso estava dentro do carro dele, que estava estacionado na frente da casa do filho dele, que tem 52 anos e mora no mesmo bairro. A suspeita é de que o aposentado tenha se queimado quando ateava fogo no carro do filho.

Segundo apurado pelo Hojemais Araçatuba , no final da noite de domingo (15) a polícia foi chamada para atender ocorrência de desentendimento familiar.

Quando chegaram ao local, os policiais encontraram a vítima sendo socorrida por equipe do Corpo de Bombeiros. Eles foram informados que o idoso foi encontrado deitado no banco da frente do carro dele, um GM Corsa, que estava estacionado na frente da casa.

A vítima tinha queimaduras que atingiram de 70% a 90% do corpo, segundo o que foi relatado à polícia.

Quando os bombeiros chegaram para atender a ocorrência, também encontraram um GM Vectra, que estava na garagem, pegando fogo. Esse carro pertence ao filho do aposentado.

Ele contou à polícia que estava dormindo e acordou com um barulho vindo da garagem. Ele disse que ao abrir a janela, viu o pai dele correndo em direção à rua, com o corpo em chamas.

Ainda de acordo com a testemunha, o pai dele teria usado uma vassoura para tentar incendiar o Vectra que estava na garagem e acabou sendo atingido pelas chamas. Segundo o filho, um desentendimento familiar antigo pode ter motivado a atitude do pai dele.

O Corpo de Bombeiros apagou o incêndio no carro, que foi parcialmente queimado.

O aposentado foi atendido no pronto-socorro de Birigui e, devido à gravidade dos ferimentos, ele seria transferido para um hospital especializado em queimados. O estado de saúde do paciente era considerado grave.