Segundo Receita, 2º lote será pago em 30 de junho a 4,25 milhões de contribuintes, e as restituições somam R$ 6,3 bilhões. Também serão liberadas consultas aos chamados lotes residuais de anos anteriores.

A Receita Federal vai abrir, a partir das 10h desta quinta-feira (23), as consultas ao segundo lote de restituição do Imposto de Renda 2022, relativo ao ano-base 2021. A consulta começa uma semana antes da data de depósito, que vai acontecer no dia 30 de junho.

Para este lote, está previsto o pagamento de R$ 6,3 bilhões a 4,25 milhões de contribuintes. Deste valor, R$ 2,7 bilhões serão pagos a contribuintes com prioridade legal. São eles:

idosos acima de 80 anos (87.401);
contribuintes entre 60 e 79 anos (675.495);
contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave (48.913 );
contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério (661.831).

Foram contemplados ainda 2,76 milhões de contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o dia 19/03/2022.

Também já foram liberadas consultas aos chamados lotes residuais de anos anteriores, ou seja de contribuintes que caíram na malha fina mas depois acertaram as contas com o leão.

Veja o passo a passo do extrato do IR
Imposto de Renda 2022 em vídeos

As consultas poderão ser feitas:

na página da Receita na internet;
no aplicativo da Receita para tablets e smartphones.
IR 2022: Saiba como consultar lotes de restituição e veja o calendário
IR 2022: Saiba como consultar lotes de restituição e veja o calendário

O pagamento da restituição é realizado diretamente na conta bancária informada na declaração.

Se o crédito não for realizado (por exemplo, a conta informada foi desativada), os valores ficarão disponíveis para resgate por até 1 ano no Banco do Brasil. Neste caso, o contribuinte deve reagendar o crédito dos valores pelo Portal BB, acessando o endereço: https://www.bb.com.br/irpf, ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Malha fina
O contribuinte poderá saber, ao realizar a consulta, se há ou não pendências que impeçam o pagamento da restituição, ou seja, se ele caiu na chamada “malha fina” do leão.

Para saber se está na malha fina, os contribuintes também podem acessar o “extrato” do Imposto de Renda no site da Receita Federal no chamado e-CAC (Centro Virtual de Atendimento).

Para acessar o extrato do IR é necessário utilizar o código de acesso gerado na própria página da Receita Federal, ou certificado digital emitido por autoridade habilitada.

Veja o passo a passo do extrato do IR
As restituições de declarações que apresentam inconsistência (em situação de malha) são liberadas apenas depois de corrigidas pelo cidadão, ou após o contribuinte apresentar comprovação de que sua declaração está correta.

Datas dos lotes de restituição

De acordo com a Receita Federal, serão disponibilizados cinco lotes de restituição neste ano, nos dias:

31 de maio;
30 de junho;
29 de julho;
31 de agosto; e
30 de setembro