Vítimas residiam em Buritama e colisão aconteceu na BR-153, em Lins; um dos irmãos chegou a ser internado

Alexandre Honório Nantes, 23 anos, e o irmão dele, Luciano Honório Paulino Alves, 17, residentes em Buritama (SP), morreram após a motoneta em que eles estavam bater em uma carreta. A colisão aconteceu no sábado (23), na rodovia Transbrasiliana (BR-153), em Lins.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, o caminhão envolvido é um Volvo com placas de Catanduvas (SC), conduzido por um motorista de 41 anos, residente em Trindade (GO).

Ele contou que seguia sentido Marília e que na altura do quilômetro 189, nas imediações da ponte sobre o rio Feio, Alexandre, que conduzia a Biz no sentido contrário, invadiu a pista em que ele estava.

O motorista disse que ainda tentou sair para o acostamento para evitar a colisão frontal, mas a motoneta bateu lateralmente, danificando principalmente o farol esquerdo e parte da porta.

Sem trânsito

Ainda de acordo com o motorista, não havia outros veículos naquele trecho da estrada no momento da colisão e ele teve a impressão de que o condutor da Biz invadiu a pista contrária propositalmente.

Com o impacto, Alexandre morreu no local e o irmão dele chegou a ser levado para a Santa Casa de Lins por equipe de resgate, mas não resistiu aos ferimentos.

O motorista do caminhão fez o teste do bafômetro, que deu negativo para ingestão de álcool. O local onde aconteceu a colisão e os veículos foram periciados e os corpos das vítimas passaram por exame necroscópico antes de serem liberados para velório e enterro.
Fonte: Hojemais