Filho do também empresário Abílio Diniz sofreu um infarto neste domingo. Ele deixa mulher e quatro filhos.

Morreu neste domingo (31) em Paraty, na Costa Verde, o empresário João Paulo Diniz, de 58 anos. Filho do também empresário Abílio Diniz, fundador do grupo Pão de Açúcar, João Paulo sofreu um infarto.

Em 2001, o empresário sobreviveu a uma queda de helicóptero que levou à morte da modelo Fernanda Vogel (veja mais ao fim da reportagem).

Em 1997, João Paulo foi vítima de uma tentativa de assalto nos Jardins, região nobre de São Paulo. O crime terminou em tiroteio com o ladrão morto e dois seguranças do empresário feridos.

Empresário e atleta
João Paulo Diniz mantinha uma empresa de investimentos nos setores de academias, restaurantes, tecnologia, imobiliário e de mobilidade.

O empresário, que se apresentava em suas redes sociais como um apaixonado pelo esporte, era presidente da iniciativa Pacto Pelo Esporte, iniciativa entre patrocinadoras que busca ajudar entidades do setor a adotarem uma gestão profissional.

Na última quarta-feira (27), João Paulo anunciou o lançamento da SIGA Latin America, expansão continental de uma coalizão mundial de integridade no esporte. A iniciativa busca promover transparência, integridade e boa governança em projetos no esporte brasileiro.

Última prova
Em suas redes sociais, o triatleta Juraci Moreira disse que durante o fim de semana ele e João Paulo participaram e concluíram uma competição no Saco de Mamanguá, em Paraty.

“Nadamos e remamos por 13KM no maravilhoso cenário do Saco do Mamanguá… minha dupla @joaopaulodinizoficial mandou bem demais e se tivesse a categoria + 100 anos a gente tava no pódio kkk 43 anos meus e 58 anos do João… prazer estar ao seu lado JP… “, escreveu Juraci em sua conta no Instagram.

Acidente aéreo em 2001
Em 2001, João Paulo sobreviveu à uma queda de um helicóptero, que voava com destino à praia de Maresias, em São Sebastião, litoral norte de São Paulo. A aeronave caiu no mar durante uma forte tempestade.

Os tripulantes sobreviveram ao impacto, mas a então namorada de João Paulo, a modelo Fernanda Vogel, e o piloto Ronaldo Jorge Ribeiro não conseguiram nadar até o socorro chegar ao local.

João Paulo e o copiloto Luiz Roberto de Araújo Cintra sobreviveram depois de nadar por cerca de 1h30 até a praia.

O Grupo Pão de Açúcar, fundado pela família Diniz, pagou R$ 2,1 milhões em indenização à família de Fernanda por conta do acidente.