Clube francês perdeu o treinador André Villas-Boas; mas Sampaoli não abre conversas por causa cinco jogos restantes do Galo; argentino também já participa da montagem do time para 2021

O técnico Jorge Sampaoli ainda luta pela busca do título de campeão brasileiro no comando do Atlético-MG. Está em terceiro lugar, a cinco pontos do líder Inter, faltando cinco rodadas. Este panorama o fez fechar os olhos para sondagens de outros clubes.

Com trabalho chamativo, classificação à Libertadores praticamente assegurada, o comandante argentino virou alvo, recentemente, do Olympique de Marseille, da França. A informação foi divulgada pelo repórter Vinícius Nicoletti, do grupo Disney. O ge confirmou com fontes próximas ao treinador. O OM teve a saída de André Villas-Boas no cargo de treinador, nessa terça.

Mas o foco de Sampaoli é em encerrar a temporada 2020 do futebol brasileiro neste fevereiro. O Atlético, inclusive, entra em campo nesta quarta-feira diante do Goiás, pela 34ª rodada do Brasileiro. A vitória garante presença na Libertadores, e depende de tropeços de Flamengo e Inter para deixar o Galo ainda vivo no sonho da taça. Sampaoli também está envolvido no planejamento da nova temporada, que começa para o Galo já em 28 de fevereiro, com o Mineiro.

No ano passado, Sampaoli foi alvo de sondagens da seleção colombiana, que demitiu Carlos Queiroz e, posteriormente, fechou com Reinaldo Rueda. Outra possibilidade de transferência foi oferecida pelo Al Nassr, da Arábia Saudita, sem prosperar.