Tiago Nunes é um dos nomes, mas diretoria não fecha as portas para os mais variados estilos

A provável saída de Cuca depois do Campeonato Brasileiro colocou o Santos no mercado em busca de um novo treinador. A lista de opções é grande e diversa. A diretoria não quer, ainda, descartar qualquer nome ou estilo de comando. Por outro lado, sabe que não pode fazer loucuras.

Em crise financeira, revertida em pendências com o elenco, porém, o Santos não vai fugir de seu orçamento para contratar um técnico. Um exemplo disso é o argentino Crespo, do Defensa y Justicia e que também negocia com o São Paulo.

O treinador pediu cerca de R$ 1 milhão por mês ao Santos. O Peixe, então, recuou e não cogita pagar isso a Crespo. As portas não estão fechadas, mas o clube só pretende conversar com o argentino se a pedida diminuir – e muito.

Um dos técnicos com quem o Santos conversa é Tiago Nunes, ex-Corinthians. Até esta terça-feira, o Peixe ainda não havia feito uma proposta oficial ao treinador – eles apenas trocaram ideias e falaram de valores, mas ainda sem um documento assinado.

Tiago Nunes, sem clube desde quando foi demitido do Corinthians, vê com bons olhos a possibilidade de assumir o Santos, mas ele não é a única opção da diretoria.

O Comitê de Gestão do Santos trabalha com mais de um nome e ainda não chegou a um acordo sobre qual seria o melhor. Por isso, tem conversado, sondado, se interessado e ido atrás de informações sobre alguns treinadores para substituir Cuca.

Enquanto isso, o Santos evita fechar portas para todos os treinadores com quem tem conversado – sem contar Crespo, que pediu valores muito acima do que o clube pode pagar. O Peixe entende que é a hora de mapear o mercado e encontrar a melhor solução, mesmo que, para isso, demore mais para fechar com um novo nome.

Enquanto o Santos não encontra um substituto, Cuca segue no comando. O técnico não pretende deixar a equipe antes do fim do Campeonato Brasileiro, mas não vai se opor caso a diretoria opte por iniciar a transição já na reta final da atual temporada.

O Santos volta a campo no sábado, às 19h, contra o Coritiba, na Vila Belmiro, pela 36ª rodada.