Petróleo cru já atingiu 46 cidades em 8 estados. Análise da Petrobras diz que substância não é produzida no Brasil, mas a origem ainda não foi esclarecida.

As manchas negras que têm aparecido em praias do Nordeste desde o início de setembro já atingiram 99 locais em 46 municípios de 8 estados, de acordo com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama). A maior parte (41%) está no Rio Grande do Norte (veja a situação por estado mais abaixo).

Uma investigação do órgão aponta que o óleo que está poluindo as praias têm a mesma origem, mas ainda não é possível afirmar de onde ele viria. Segundo a Petrobras, trata-se de óleo cru, que não é produzido no Brasil.

Tartaruga foi encontrada coberta de óleo no litoral do RN — Foto: Redes Sociais

Tartaruga foi encontrada coberta de óleo no litoral do RN — Foto: Redes Sociais

Confira quantos locais foram atingidos em cada estado, segundo o Ibama:

Alagoas: 12 locais
Ceará: 6 locais
Maranhão: 9 locais
Paraíba: 16 locais
Pernambuco: 16 locais
Rio Grande do Norte: 41 locais
Sergipe: 4 locais

Animais afetados
O óleo já atingiu ao menos nove tartarugas e uma ave bobo-pequeno ou furabucho (Puffinus puffinus), conhecida pela longa migração. Segundo o Ibama, uma das tartarugas foi devolvida ao mar e outra foi encaminhada a um centro de reabilitação. Sete tartarugas foram encontradas mortas ou morreram após o resgate. A ave também não resistiu ao óleo.

1/9 – 1 tartaruga marinha – Praia de Sabiaguaba, Fortaleza (CE) – morta
4/9 – 2 tartarugas marinhas – Praia do Paiva, Cabo de Santo Agostinho (PE) – morta
7/9 – 1 ave bobo pequeno – Praia de Cumbuco, Caucaia (CE) – morta
11/9 – 1 tartaruga marinha – Praia de Jacumã, Ceará-Mirim (RN) – viva
16/9 – 1 tartaruga marinha – Ilha dos Poldos, Aroises (MA) – morta
22/9 – 1 tartaruga marinha – Praia de Itatinga, Alcântara (RN) – viva
22/9 – 1 tartaruga marinha – Praia da Redinha Nova, Extremoz (RN) – morta
23/9 – 1 tartaruga marinha – Praia da Redinha Nova, Extremoz (RN) – viva
24/9 – 1 tartaruga marinha – Jericoacoara, Jijoca de Jericoacoara (RN) – morta